Brothers do AZ no Instagram

O Paraguai confirmou que a data de reabertura da Ponte da Amizade foi mantida para o dia 15 de outubro, porém não contará com a presença dos presidentes Jair Bolsonaro e Mário Abdo Benitez. De acordo com o jornal Diário La Nación, o assessor de Assuntos Internacionais, Federico González, confirmou que a reabertura da ponte vai acontecer no dia 15 de outubro, como estava previsto, porém o encontro entre Mario Abdo Benítez e Jair Bolsonaro deverá ser remarcado para outra data.


Federico González, assessor de Assuntos Internacionais, explicou que será aberto um cordão sanitário desde a cabeceira da ponte até o km 30, em Minga Guazú e até as cidades de Hernandarias e Presidente Franco. A abertura está prevista em princípio das 5h às 14h para entrada e até às 18h para saída do país.

Por sua vez, Ángeles Arriola, diretora-geral de Migrações, destacou que “o acordo que se chegou é o de desbloquear a passagem entre a CDE e Foz do Iguaçu. Com as demais fronteiras depende muito da negociação com os governadores, já que são estados federais”, então as cidades de Pedro Juan Caballero, Salto del Guairá e Encarnación terão que ficar esperando.