Header Ads

SIMBA OFERECE DESCONTO NOS CANAIS APÓS FRACASSO NAS NEGOCIAÇÕES COM AS OPERADORAS DE TV PAGA - 26/05/17


Uma empresa criada pela Record, SBT e RedeTV! para vender seus sinais digitais à TV paga, a Simba mudou sua estratégia comercial nesta semana. Após o fiasco da guerra deflagrada em março, quando as três redes cortaram seus sinais das principais operadoras, a Simba agora está oferecendo um "desconto" de 90% no preço que pedia há dois meses.

Contratado para substituir o banqueiro Marco Gonçalves nas negociações com as operadoras, o ex-presidente da Sky Ricardo Miranda está sugerindo a cobrança de um valor próximo a R$ 1,50 por assinante pelo pacote com as três redes.

A proposta, que ainda não foi formalizada, equivale a 10% do que a Simba queria em abril, R$ 15,00 por assinante, custo semelhante ao de pacotes premium, como HBO e Telecine.

Apesar da pechincha, R$ 1,50 ainda é um valor caro para as operadoras. Se aplicado a toda a base de assinantes do país, significaria um custo extra de R$ 28,5 milhões por mês, ou R$ 342 milhões a menos nos balanços anuais.

É algo muito representativo para uma indústria que nunca pagou para distribuir emissoras abertas (em alguns casos, até cobra), cujos sinais podem ser captados por quaisquer antenas. Além disso, é um custo que não podem repassar ao assinante. As operadoras já sinalizaram que aceitam pagar apenas alguns centavos pelas três redes.

Com a contratação de Ricardo Miranda, a Simba adotou um discurso mais conciliatório. Deixou de lado a estratégia belicosa representada na figura de Marco Gonçalves, um especialista em fusões e aquisições com fama de negociador duro, implacável.

A estratégia de partir para o confronto com a TV paga, avaliam executivos de Record, SBT e RedeTV!, foi um tiro no pé de canhão. As emissoras perderam até 30% da audiência na Grande São Paulo, principal mercado do país, enquanto as operadoras tiveram baixas irrelevantes na base assinantes.
BROTHERS DO AZ

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.