Header Ads

HDR TRAZ MAIS QUALIDADE À IMAGEM DA SUA TV; VEJA COMO FUNCIONA

Grande decepção. Isso é o que dá para dizer das TVs 3D – elas não pegaram... Agora, você deve estar ouvindo muita gente falar do 4K. Mas, saiba que essa resolução só faz diferença mesmo em telas bem grandes.  A sigla na qual você realmente precisa prestar atenção é composta de 3 letras: HDR.

Se você é um fotógrafo ou já viu a sigla nas funções da câmera do seu smartphone deve fazer alguma ideia do que estamos falando. HDR é a abreviatura de High Dynamic Range (em português, poderíamos dizer que uma alta faixa dinâmica nas imagens), o HDR permite que a imagem tenha mais brilho e detalhes tanto nas áreas escuras quanto nas mais claras. O contraste entre o branco mais brilhante e o preto mais escuro é cheio de informação e nem se compara ao que vimos até hoje.
Muita gente pode se perguntar: mas o 4K já não traz muito mais qualidade? É verdade. Mas são coisas diferentes. Enquanto o 4K aumenta a resolução, número de pixels da imagem, o HDR tem o papel de melhorar cada pixel que já está lá. Isso significa que, enquanto o 4K geralmente requer uma tela maior para ser percebido, as vantagens de HDR são claramente visíveis em qualquer tamanho de display.
Claro, para se obter uma imagem em HDR – com toda essa qualidade e detalhes – a captação da imagem também precisa ser feita com câmeras especiais que tenham essa funcionalidade. Mas isso não vem ao caso aqui. Já a transmissão, sim. Mais do que possuir a função HDR, a TV precisa de alguns recursos para exibir esse tipo de imagem.
Como no início de toda nova tecnologia para TVs – foi assim com o 3D e ainda é um pouco com o 4K – a disponibilidade de conteúdo ainda é pequena em HDR. Mas o serviço da Amazon de streaming (ainda não disponível no Brasil) já tem alguma coisa em HDR; o Netflix já lançou a série Marcopolo em HDR e promete novos lançamentos em breve; existem alguns blu-rays com vídeos em HDR e até o YouTube está prestes a entrar nessa nova era, como sempre, é questão de tempo.
Na CES (Consumer Electronics Show) deste ano, em Las Vegas, foi mostrado muitas opções de TV com HDR de diversas marcas: LG, Samsung, Sony, Panasonic, Philips, entre outras... Não se trata de tendência, mas sim a nova evolução das TVs. Interessante também é que pela primeira vez as fabricantes de TV se uniram com os estúdios e produtoras de conteúdo para criar a “Aliança UHD”. O objetivo é garantir a qualidade do 4K HDR que chega ao consumidor final, independente da marca da TV que ele adquirir. E o mundo dos televisores reserva outras siglas que você precisa conhecer antes de escolher seu próximo aparelho de TV: TVs OLED e TVs de Ponto Quântico. 

Veja abaixo um exemplo, à esquerda, a imagem sem HDR. Nos quadros seguintes, a mesma foto com diferentes graus de HDR.
BROTHERS DO AZ

Nenhum comentário

Imagens de tema por zbindere. Tecnologia do Blogger.